Você quer renovar o seu apartamento, mas não sabe como? Muitas vezes pode ser um desafio encontrar os materiais certos, com preços acessíveis, para redecorar os ambientes e deixar o lar mais pessoal. Nesse sentido, o revestimento ou papel de parede surge como uma excelente alternativa para resolver esse problema.

Capazes de deixar o ambiente mais colorido e vivo, os dois materiais podem se adequar ao estilo que você preferir, compondo um cômodo agradável aos olhos e perfeito para você.

Quer conhecer mais sobre eles? Então, continue lendo este post! Separamos as melhores dicas para você mudar o visual da sua casa.

Revestimento ou papel de parede

Não é nenhum segredo que os revestimentos se tornaram uma grande tendência na decoração de interiores. Além de fornecerem uma excelente camada de proteção, preservando a estrutura da casa, apresentam uma grande variedade de opções a serem utilizadas.

Você pode optar por revestimentos de madeira, tijolos, pedras, cerâmica, porcelanato e até pastilhas, tudo de acordo com o que você busca como estilo e tem como inspirações. Ainda, ele exige pouca manutenção e é de fácil limpeza, sendo necessário estar atento às especificações do fornecedor.

Justamente por terem alta durabilidade, os revestimentos têm um valor mais elevado, principalmente em comparação ao papel de parede. Nesse momento, é importante avaliar o que cabe no seu bolso e quais são os seus objetivos.

Por exemplo, se você gosta de mudar bastante de decoração, talvez o papel de parede seja o mais indicado, já que ele permite uma troca mais constante do que o revestimento. Além disso, ele é mais em conta e apresenta diversas vantagens, como:

  • não precisa de um profissional para instalação, somente alguém que já passou pela experiência;
  • existem diversos modelos, cores e estampas, o que garante uma escolha mais acertada;
  • é prático e rápido na colocação.

Contudo, a durabilidade do papel de parede pode ser afetada, principalmente se o material escolhido não for de boa qualidade e se as condições de instalação não forem favoráveis, isto é, se a parede não estiver limpa e nivelada e se houver problemas de infiltrações.

Lembre-se, também, de que é preciso escolher produtos específicos para a limpeza do seu papel de parede, assim você garante uma vida útil maior e menos despesas, ok?

O que considerar para tomar sua decisão

Agora que você já sabe as vantagens e desvantagens dos materiais, é preciso compreender quais são os aspectos que precisam ser levados em conta para você tomar uma decisão segura.

Móveis

Se você já tem os móveis escolhidos e não pretende trocá-los, é preciso encontrar um revestimento ou papel de parede que combine com eles. Assim, você mantém um equilíbrio no seu ambiente e monta uma decoração mais elegante. É uma ótima maneira para começar a escolher, não é mesmo?

Cores e estampas

Ainda alinhando a escolha do material com os móveis, é importante escolher as cores e estampas certas. Mas, afinal, o que isso quer dizer?

Para combinar o ambiente com o revestimento ou papel de parede escolhido, o segredo é apostar em cores e tonalidades semelhantes. Com isso, você monta um cômodo mais harmonioso.

Tipo de espaço

Considerar o espaço em que você usará os materiais é fundamental para realizar uma boa escolha. Por exemplo, se você pretende redecorar o banheiro ou a cozinha e opta por revestimento, o ideal é utilizar cerâmico, porcelanato ou ladrilho, pois facilitam na hora da limpeza.

Agora, se você deseja utilizar papel de parede, evite os de celulose, pois eles tendem a ser menos resistentes à umidade e, portanto, menos duráveis se usados nesses ambientes.

Personalidade

Por fim, e não menos importante, a personalidade é tudo para a escolha do material. É a partir do que você gosta, deseja e procura que o seu ambiente ficará do jeito que quer e que o faça se sentir, realmente, em casa.

Escolher entre revestimento ou papel de parede não precisa ser difícil. É preciso pensar no seu cotidiano e considerar as variáveis que influenciam na sua decisão, como os móveis, as cores, a qualidade dos materiais, o custo-benefício e a sua personalidade.

E então, ficou com alguma dúvida sobre revestimento ou papel de parede? Deixe um comentário abaixo, ficaremos felizes em ajudar!