Quer uma maneira prática e econômica de renovar sua casa? Papel de parede é um curinga incrível para a decoração de qualquer ambiente. Com tanta variedade de cor, estampa e texturas, você pode transformar o seu espaço sem muito esforço nem gasto extra, entretanto é preciso saber conde comprar e como aplicar o papel de parede do jeito certo!

Se você alugou um apê, papel de parede é a escolha ideal para deixar o novo lar com a sua cara. Comparado com a pintura, ele pode ser mais prático e econômico, se você escolher um papel fácil de aplicar e fazer isso você mesma.

Outra vantagem é que, com apenas uma única parede ou até com meia parede revestida, você já tem um efeito incrível no ambiente. E na hora de entregar o imóvel, remover o papel de parede é mais prático que pintar tudo de branco, principalmente se você escolheu cores fortes ou escuras.

Gostou dessa ideia? Então veja aqui nossas dicas de como escolher e aplicar papel de parede para ver como é fácil renovar o seu espaço. Depois, é só ver nossa lista de parceiros para encontrar e comprar o papel de parede perfeito pra você!

1- Escolha o papel ideal para seu ambiente

Pode colocar papel de parede em qualquer cômodo da casa? A princípio sim, desde que você escolha o tipo de revestimento certo para cada ambiente. Outra coisa importante é garantir o preparo da superfície, para que o papel seja aplicado corretamente. Veja aqui os principais tipos de papel de parede e onde eles são mais recomendados:

Tradicionais – São os papéis compostos de celulose, que são menos resistentes à umidade e devem ser aplicados em áreas secas (quartos e salas, por exemplo). Eles também precisam de uma superfície bem lisa para serem aplicados.

TNT – São os papéis mistos de celulose, fibras naturais e fibras de poliéster, que ganham uma textura de tecido. Por oferecerem mais resistência, podem ser usados também em áreas úmidas (como lavabos) e podem ser aplicados em superfícies com poucas imperfeições.

Vinílicos – São feitos em PVC, bastante resistentes à umidade, vapor, partículas de gordura e outros resíduos, ideais para banheiros e cozinhas. Também podem ser aplicados em superfícies com alguma imperfeição.

Além de escolher o papel de parede do material certo, é  importante observar a textura e estampa do produto para encontrar um modelo que harmonize com as cores, móveis e acessórios da decoração. Há versões acetinadas, 3D, com temas específicos e padrões que facilitam a combinação com qualquer estilo decorativo.

2- Como aplicar o papel de parede

Providencie o material – Se o seu papel de parede for do tipo auto-colante, sua aplicação é mais simples. Veja o que você vai precisar:

  • fita métrica;
  • lápis;
  • estilete;
  • lixa;
  • tesoura;
  • espátula de silicone;
  • pano;

Se o seu papel de parede não for auto-colante, você vai precisar de cola especial para fixar o produto. Ela é encontrada nas versões em pasta, em pó ou pronta para uso. Além do material listado acima, providencie também:

  • balde;
  • broxa ou rolo.

Prepare a superfície – Comece limpando bem toda a área, tirando todos os objetos (como pregos e fitas) e corrigindo imperfeições (buracos e rachaduras). Em seguida, passe a lixa em toda a região até obter uma superfície lisa, finalizando com um pano para remover a poeira.

Tire as medidas – Com a superfície pronta, meça a área onde pretende aplicar o papel. Em seguida, utilizando a fita métrica e um lápis, crie linhas de orientação sobre a parede, delimitando os pontos de encontro das faixas de papel.

Prepare a cola – Se o seu papel de parede não for auto-colante, primeiro de tudo você deve preparar a cola no balde, seguindo o passo a passo do rótulo. Com a ajuda da broxa ou rolo, vá espalhando a cola por todo o papel, sempre em direção do centro para as extremidades.

Aplique o papel – Posicione a tira de papel sobre a primeira faixa marcada na parede e comece a aplicação de cima para baixo. 

Retire as sobras – Após colar todas as faixas, remova as sobras de papel do topo e da base. Use o estilete para realizar o corte do excesso e puxe as sobras delicadamente com as mãos. 

Se ainda não ficou tão claro, temos ainda mais dicas de como colocar papel de parede de uma forma mais detalhada e visual. Até porque mesmo sendo algo mais prático que pintar uma parede, buscamos algo que saia extremamente uniforme.

Você comprou papel a mais? Saiba que dá para fazer muita coisa para reaproveitar as sobras de papel de parede. Vamos te explicar nos detalhes mais para frente.

3- Como retirar o papel de parede

Existem algumas formas de remover o papel de parede, dependendo do tipo de revestimento. Mas todas elas são relativamente simples de executar, portanto você não precisa contratar ninguém para isso.

Se você mora em apartamento alugado, pode até escolher o modelo do papel pensando na praticidade de retirar depois. Existem modelos que têm uma remoção fácil e limpa, deixando a parede bem preservada.

Papel de parede removível – São os papéis que você pode remover apenas puxando, sem precisar molhar ou usar qualquer instrumento. Puxe a ponta do revestimento com cuidado, retirando devagar as faixas os pedaços do papel.

Papel de parede removível com água – Para retirar esse tipo, é necessário molhar o revestimento primeiro. Use um pano e um balde d´água para encharcar bem o papel, até sentir que ele desgrudou da parede. Depois, use uma espátula para retirar tudo. Se ele for impermeável, vai ser necessário raspar a superfície antes, para que a água possa penetrar.

Papel de parede destacável – São revestimentos que possuem duas camadas, onde você consegue retirar facilmente a primeira apenas puxando. Se a segunda camada estiver em boas condições, você pode aplicar outro papel por cima dela. Senão, use água com detergente para desgrudar a camada da parede, e depois retire com uma espátula.

Se você quer retirar um papel mas não sabe qual é o tipo de revestimento que foi usado, faça o “teste de puxar”, tentando remover uma das pontas do papel. Se ele começar a sair facilmente, deve ser do tipo removível. Se apenas uma camada sair só puxando, ele deve ser do tipo destacável. Caso você perceba qualquer resistência, tente molhar o papel e tente de novo.

4- Como reaproveitar sobras de papel

Você comprou papel a mais? Saiba que dá para fazer muita coisa para reaproveitar as sobras de papel de parede. Veja aqui algumas ideias:

Reforme um móvel – Que tal aproveitar as sobras do papel que você colocou no quarto para decorar um móvel do ambiente? Você pode cobrir o tampo da penteadeira, colar na frente das gavetas de uma cômoda ou até forrar o interior do armário.

Faça um quadro – Você amou a estampa do seu papel de parede? Corte um retalho das sobras e escolha uma moldura bem bonita para dar um toque especial no seu ambiente!

Decore uma escada – Quer deixar sua escada mais animada? Use as sobras do papel de parede para decorar os espelhos do degrau, deixando a decoração muito especial. Você pode inclusive usar sobras de papeis diferentes em cada degrau, fazendo um efeito de “colcha de retalhos”.

5- Onde comprar papel de parede

Quer saber onde encontrar os melhores papeis de parede, com uma variedade incrível de modelos, cores e estampas? Veja aqui uma lista de lojas virtuais, para você encontrar o papel de parede perfeito para você sem sair de casa!

  1. Bem Colar
  2. Grudado
  3. Inove Papéis de Parede
  4. Papel Decor
  5. Papel na Parede

Agora você sabe como aplicar papel de parede, conhece os principais cuidados e já pode pendurar quadros e outros objetos que complementem o material.

Por falar em papel, confira um comparativo desse produto com outros revestimentos e faça a escolha certa!